segunda-feira, 10 de junho de 2013

Madrugada Suja


Miguel Sousa Tavares (MST) tem imensos defeitos. O maior deles todos é ser um anti benfiquista primário, indecente e imbecil. Mas MST tem uma qualidade que vai rareando: escreve bem; melhor, sabe pensar. Isso confere-lhe por larga margem o título de “o nosso melhor especialista em generalidades”. 

Gosto de ouvir o MST, mas quase sempre tenho pouca pachorra. Gosto de ler o MST, mas não compro o Expresso e raramente A Bola. Gosto de, essencialmente, ler os livros que escreve. 

 Li, rapidamente (mas sem rapidez), “Madrugada Suja”. Rapidamente mas com prazer. Como todos sabem, desta vez não estamos perante num romance histórico mas sim perante três histórias que se entrecruzam - ao mesmo tempo que MST dá largas à sua visão crítica das últimas décadas Politicas e Sociais em Portugal. 

É um livro simples, fácil de ler, de acompanhar e gostar. Tão fácil, tão fácil, que até um “quase analfabeto em romances” como eu adivinha onde a tal madrugada vai parar. Recomenda-se, mas não muito.

domingo, 9 de junho de 2013

Joaquim Agostinho

Por vezes fecho os olhos nas aulas de RPM…, e sonho que estou fora dali, daquele aquário barulhento, longe de Lisboa… 

Por breves momentos subo o mítico Alpe d’Huez ou o não menos assustador Col du Tourmalet nos Pirenéus - tenho a felicidade de os já ter subido…, nunca de bicicleta, pois… 

Depois acordo, rapidamente. E regresso com a mesma rapidez ao Solinca e àquela música demoníaca Vem isto a propósito da feliz referência que o instrutor de RPM fez ontem durante a aula ao enorme Joaquim Agostinho. Achei piada, como compreenderão pelo segundo paragrafo. Achei menos piada porque poucos ou nenhuns pareciam saber quem foi esse Monstro do desporto em Portugal – aquele país onde (cada vez mais) se faz por esquecer os heróis mas por recordar os vilões. 

Ah…, depois daquela grande aula ainda fui cumprir “a promessa” que fiz a mim mesmo há umas semanas. Estrei-me no Pump…, e corei com o peso que as minhas colegas, miúdas e senhoras, carregavam enquanto eu brincava (quase só) com a barra. 

Grandes aulas, bela manhã. Honra ao Agostinho e a quem lhe perpetua a memória!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Outono 2013

Encontrei algures este clip. Bom achado. Mesmo a rimar com estes dias assim, fresquinhos, húmidos. Que anunciam o fim de verão e o inicio do Ou…, ups!

Aproveito e gamo também estas palavras: “A moda dos videos, os video da moda, as café-racers na moda, as barbas, o surf, o retro, as guitarras, o skate, só falta aqui uma bicicleta para ser o all-in-one”.

 É isto…

quarta-feira, 5 de junho de 2013

As fábulas da esquerda circense

A menina turca do vestido vermelho (link)…, não é menina nenhuma pá!

terça-feira, 4 de junho de 2013