sexta-feira, 23 de março de 2012

Hipocrisia feita à maneira

Vai por ai uma choradeira generalizada por causa de umas palmadinhas que alguns arruaceiros fedorentos, de máquina de fotografar ou filmar em punho, levaram ontem no Chiado, em Lisboa.

Todo o gato-sapato se queixa da violência policial..., uma vergonha bater assim sem mais nem menos, sem olhar a mulheres e jovens. Não se faz!

O mais curioso é que “as carpideiras” de hoje são as mesmas que não perdem tempo a encolher os ombros, sorrir ou mesmo largar um “é muito bem-feita” quando a mesma tropa de choque investe, ainda com mais violência, sobre o adepto de futebol que esteve “ali” para ver uma partida do clube do seu coração, apoiar a equipa e…, para tal pagou uma pequena fortuna.

Por outras palavras. Quando a bófia investe no adepto de futebol, a culpa é da violência das claques; já quando a bófia investe em maltrapilhos atiradores de ovos de iPhone na mão, estamos perante a assassina violência policial.

Hipócritas!

2 comentários:

ann.dorinha disse...

Tanto rancor, credo...

Não façamos generalizações que é feio.

Pedro Soares Lourenço disse...

..., se calhar é mesmo isso; voa, voa.